Improvisação livre com Joëlle Leandre (DE)

Com 42 anos de carreira a contrabaixista francesa Joëlle Leandre ministra uma oficina prática de improvisação. A improvisação livre é um longo e lento processo;  um processo de troca, de invenção e de assumir riscos. Jazz, heavy metal, folk, noise, eletrônica, guitarras, cordas, instrumentos de sopro, chifres, não importa. Você não precisa ter experiência com a improvisação livre, mas precisa ter domínio do seu instrumento musical.  Essa oficina será ministrada em inglês.

09 e 10.09  - das 10h00-13h00 (intervalo) 15h-18h00. associação cultural cecília

Soundpaiting com Angelika Niescier (DE)

„Soundpaintig“ aberto para todos os níveis, instrumentos e gêneros - quanto mais melhor. Os pré-requisitos são uma mente aberta e curiosidade. A ideia é criar uma apresentação de improviso, em forma de uma composição ao vivo. Os artistas aprendem uma série de gestos, aplicados pela condutora Angelika Niescier. Esses gestos são vagamente baseados na pesquisa de Walter Thompson. Há espaço para improvisação livre, assim como para material roteirizado. Todos os instrumentistas, cantores e atores são bem-vindos.

12.09  15h -18h . associação cultural cecília

rua vitorino carmilo, 449 - santa cecília

Aprendendo através do ruído com Lello Bezerra (BR)

A oficina – aprendendo através ruído tem como intuito estabelecer um ambiente de conversa entre os participantes, interação social por via do instrumento. O instrumento acaba sendo uma justificativa para que os oficineiros troquem, estabeleçam uma comunicação visual e auditiva além do contato com o violão e objetos “musicais” adicionados. Corpo e espaço também são utilizados. A livre expressão como passo inicial, depois com ajuda do educador são escolhidos os elementos para o nosso produto final, uma composição rítmica ruidosa. Tudo isso com o intuito de socializar e estimular os participantes a fala. Elementos principais usados são: Som e Silêncio. Iniciado o preparo dos ouvidos com apresentação de peças infantis como “ Se essa rua fosse minha” de forma consonante e dissonante para depois entrarmos em contato com o ruído, a livre expressão, elementação e unidade. Uma ótima iniciação há contemplação, seja auditiva ou visual. O que é belo? o que é feio? o que é estranho? são perguntas propostas para debate.    

10.09. 14h. fábrica de cultura vila nova cachoeirinha (sp)

11.09. 14h30. fábrica de cultura de diadema (sp)

programação fechada para alunos das fábricas de cultura.

Ruído Tátil com Bella (BR)

É possível sentir o som com as mãos? Uma imagem pode virar som ou o som virar imagem? A oficina RUÍDO TÁTIL irá abordar o som como experiência sensorial e tátil; com o uso de algumas ferramentas e jogos, propõe-se introduzir fundamentos básicos da eletrônica e das possibilidades de produção sonora partindo de uma diversidade de materiais e recursos eletrônicos.

11.09. 14h. fábrica de cultura capão redondo (sp)

programação fechada para alunos das fábricas de cultura.

 

Onde nasce a música com Ricardo Pennino (BR)

A oficina traz como proposta a exploração de sons que vem desde a voz, o corpo, passando por alguns objetos de materialidade diferentes até chegar ao espaço, pensando nas possibilidades arquitetônicas-acústicas. Contagens rítmicas não convencionais guiam a dinâmica no momento de organizar-desorganizar os sons e os silêncios para elucidar a construção do que chamamos de Música. Os alunos formam grupos que são guiados pelo oficineiro como em uma orquestra ou escola de samba, afim de evidenciar a potência sonora coletiva e a individual de acordo com os sons descobertos e escolhidos por eles e também com a equalização espacial.Entre o silêncio quase absoluto e o caos volumoso é o espaço onde encontraremos as harmonias sonoras espontâneas geradas e registradas na vivência. No final todos escutam o registro da composição que fizeram.

12.09. 14h. fábrica de cultura jardim são luis (sp)

programação fechada para alunos das fábricas de cultura.

apoio

parceiros

realização

Este projeto foi realizado com apoio do Edital de Apoio à Criação Artística - Linguagem Música - Secretaria Municipal de Cultura